UFRN
Laboratório de Prototipagem (ProtoLab)
Coordenação
Luiz Eduardo Cunha Leite (ECT)
Valentin Obac Roda (DEE)
Descrição
O ProtoLab será dedicado ao desenvolvimento de protótipos de projetos eletrônicos e de componentes mecânicos necessários ou resultantes da condução das pesquisas realizadas pelos laboratórios do nPITI.Não obstante, o laboratório também buscará o desenvolvimento de sistemas, ferramentas e metodologias que possibilitem a concepção de sistemas com elevado grau de inovação, quer seja na disponibilização de novas aplicações para o público consumidor, quer seja na incorporação de tecnologias inovadoras, constantemente associadas às atividades desenvolvidas por empresas incubadas pelo nPITI/IMD/UFRN ou pela cadeia produtiva na qual se insere estas empresas.
Objetivos
Tendo a sua missão como elemento norteador maior, o ProtoLab tem alguns objetivos específicos que deverão servir para direcionar o estabelecimento de metas a serem alcançadas anualmente, quais sejam:

● Estar sempre atualizado com o estado da técnica relacionado ao desenvolvimento de placas de circuitos eletrônicos e componentes mecânicos;
● Desenvolver pesquisas para o aprimoramento dos procedimentos e técnicas utilizados no laboratório;
● Identificar as necessidades dos Laboratórios do nPITI relacionadas ao desenvolvimento de protótipos, e estabelecer procedimentos que visem o atendimento de tais necessidades com eficiência maximizada;
● Estabelecer parcerias que possibilitem a manutenção e o aprimoramento dos equipamentos e serviços prestados pelo laboratório;
● Apoiar as empresas incubadas no IMD no desenvolvimento de seus produtos e serviços;
Infraestrutura
Área destinada ao ProtoLab:

46,08 m2, conforme planta baixa constante no ANEXO I.

Mobiliáriodefinido em projeto e dispostos conforme layout constante no ANEXO II:

Dois armários altos com 2 portas
Quatorze cadeiras giratórias com espaldar médio
Uma mesa em L de 1,40 x 1,60
Uma mesa redonda para reunião de 1,20 diâmetro
Uma mesa de tampo reto de 80 x 60
Seis mesasde tampo reto de 1,20 x 60
Três mesasde tampo reto de 1,40 x 0,60

Equipamentos a serem utilizados no Laboratórioe adquiridos através outros projetos:

Prototipadora de Placa de Circuito Protomat S62
Estação para confecção de PCI por processo químico
Metalizadora de furos por galvanoplastia
Metalizadora de furos por deposição de polímero condutivo
Mesa para aplicação de máscara de solda e legenda em PCI
Mesa para aplicação de pasta de solda através de stencil
Insersora de componentes SMD
Forno para soldagem por refluxo e secagem de tinta / mascara de solda
Estação para solda/dessolda de componentes BGA por infravermelho com pré-heater
Estação de retrabalho SMD
Compressor de AR
Impressora 3D por FDM de ABS

Softwares adquiridos através de outros projetos:

Orcad
Proteus
ProEngineer
SolidWorks Premium

Novos equipamentos em processo de aquisição através de outros projetos:

Prototipadora de Placa de Circuito Protomat S63
Sistema para confecção de placa de circuito impresso multicamadas
Estação para posicionamento de componentes BGA
Impressora 3D gesso/resina
Centro de usinagem com 3 eixos

Softwares em processo de aquisição por outros projetos:

Matlab
Simulink
Missão
A missão do ProtoLab (Laboratório de Prototipagem do nPITI) é estar sempre atualizadocom o estado da técnica e desenvolver pesquisas para o aprimoramento dos procedimentos concernentes ao desenvolvimento de protótipos de placas de circuitos eletrônicos e componentes mecânicos necessários às pesquisas conduzidas pelos laboratórios do nPITI.
Contexto
O Instituto Metrópole Digital – IMD, no qual se inserem o nPITI e o ProtoLab, é um instituto criado com o intuito de alavancar o desenvolvimento tecnológico no estado do Rio Grande do Norte através de várias ações.Dentre estas, destacam-se a formação técnica de jovens talentos, um curso de graduação e uma incubadora de empresas com foco em desenvolvimento de produtos e serviços relacionados com tecnologias de informação. Além de ações específicas que visam iniciar e impulsionar a criação de um parque tecnológico no estado que hoje carece de empresas e profissionais que possam desenvolver produtos e serviços inovadores de acordo com as demandas regionais.
Um dos motores projetados para impulsionar as ações previstas no IMD será o Núcleo de Pesquisas e Inovação em Tecnologia da Informação (nPITI). Com uma área total a ser construída de cerca de 1.800 m2, elaboratórios de pesquisa envolvendo mais de 40 pesquisadores da UFRN, o nPITIterá sua atuação voltada para o desenvolvimento de sistemas embarcados e computação ubíqua, desenvolvendo pesquisas em áreas como robótica, instrumentação, processamento inteligente da informação, microeletrônica, engenharia biomédica e informática industrial.
A UFRN, já tão consolidada e abastecida de laboratórios e de pessoas de renome internacional no campo das pesquisas científicas, receberá uma enorme contribuição por parte do nPITI no que diz respeito ao desenvolvimento tecnológico e a transferência dos seus subprodutos para a sociedade através de sua indústria. Espera-se que novos produtos, processos, serviços e pessoas formadas e qualificadas sejam transferidos para indústria local, promovendo o crescimento da mesma e de todo o ecossistema no qual esta indústria se insere.
Desta forma, os desafios previstos para os laboratórios e pesquisadores do nPITI não são pequenos. Uma infraestrutura de qualidade é primordial para que estes laboratórios desenvolvam suas pesquisas com a qualidade e agilidade demandadas pelo dinamismo da evolução tecnológica atual.
É exatamente nesse contexto que se insere o ProtoLab. A partir de sua missão fundamental e de seus objetivos, o ProtoLab atuará como aliado importante dos laboratórios do nPITI para consecução de suas metas e materialização dos seus resultados.
Pessoal
getPessoal() as $pessoa) { ?>