IMD | Instituto Metrópole Digital

Notícias

06 fev 2020/ ASCOM

BioMe realiza quarta edição dos “Cursos de Curta Duração em Bioinformática”

O Centro Multiusuário de Bioinformática (BioME), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), está realizando nesta semana a quarta edição dos Cursos de curta duração em Bioinformática, inciativa que tem por objetivo promover um treinamento conciso de técnicas e metodologias voltadas a esse campo de pesquisa.

O evento iniciou-se na última segunda-feira (3) e segue com programação até o dia 11 de fevereiro. Sediado integralmente no IMD, a formação reúne estudantes de graduação e pós-graduação de diversos estados brasileiros e também de países estrangeiros, além de professores, profissionais e interessados no tema.

A formação engloba três cursos – acontecendo nos turnos da manhã e tarde – que são ministrados por professores do BioMe e de outras unidades da UFRN. O evento também conta com a colaboração do Instituto de Bioinformática e Biotecnologia (2Bio), instituição parceira da UFRN.

“Aqui nós temos professores que são referência nacional e, por meio desse evento, nós mostramos para o público de fora que o BioME é um centro de excelência. Logo, esse evento é importante pois se trata da divulgação da Bioinformática da UFRN, do programa de pós-graduação em Bioinformática”, destaca a superintendente do 2Bio, Gisele Tomazella.

Cursos

Recebendo a presença de mais de 100 participantes, durante os três primeiros dias o evento realizou o curso teórico-prático sobre “Introdução à Análise de Dados de Sequenciadores de Segunda Geração”, ministrado pelo professor Jorge Estefano de Souza, docente IMD e colaborador do 2Bio.

Iniciando-se nesta quinta-feira (6) e seguindo com programação até o domingo (8), o curso segue com o módulo “Introdução ao R para Bioinformática”, conduzido pelo professor da UFRN, Rodrigo Dalmolin, que também é vice-coordenador do BioMe.

Já para finalizar a programação desta edição do evento, será realizado a partir do dia 10 de fevereiro o curso “Filogenia molecular e análise evolucionária de sequências”, comandado pelo professor do Departamento de Bioquímica da UFRN João Paulo Matos.

De acordo com a organização dos cursos, a formação se constitui em uma oportunidade para receber capacitação em diversos tópicos de Bioinformática por meio de professores e pesquisadores especialistas na área, além de ser uma oportunidade para networking entre os profissionais da área.

“O diferencial dos cursos do BioMe, com relação a os outros cursos semelhantes que temos em outras instituições, é que as universidades costumam fazer cursos rápidos de férias que são promovidos por estudantes de pós-graduação para estudantes interessados. Já os nossos são promovidos por professores especialistas na área”, aponta Gisele Tomazella.

 

 

Outras Notícias

17 jan 2020 por
ASCOM

IMD sediará workshop internacional sobre robótica e inteligência artificial em estudos clínicos

Evento acontecerá na próxima quarta-feira (22) e contará com palestrantes médicos e pesquisadores


EVENTO | BIOINFORMÁTICA
07 fev 2020 por
ASCOM

Breja & Business de fevereiro vai debater "Internet das Coisas"

Evento é gratuito e acontece na próxima quarta-feira (12), no Raimundo’s Pub


EVENTO | PARQUE TECNOLÓGICO