IMD | Instituto Metrópole Digital

Notícias

05 jun 2020/ ASCOM

IMD e Sesap lançam plataforma para integração de dados e análise epidemiológica do Coronavírus

Uma plataforma tecnológica desenvolvida pelo Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) para a ajudar a Secretaria Estadual de Saúde (Sesap/RN) no combate ao Coronavírus foi lançada oficialmente, durante entrevista coletiva, no início da tarde de hoje (5).

Trata-se de uma solução voltada para o registro, acompanhamento e análise epidemiológica de casos suspeitos e confirmados de Covid-19. Suas funcionalidades vão proporcionar maior agilidade na verificação contextualizada dessas ocorrências e, consequentemente, ações dirigidas eficazes para conter o avanço do vírus.

A tecnologia já vinha sendo usada pela Sesap, desde o início de abril, em “regime de homologação”, segundo explica um dos coordenadores do seu projeto de criação, o professor Itamir Barroca Filho. “A pltaforma estava em fase de homologação e aprimoramento. Houve ajustes que foram realizados e também mudanças para adaptá-la ao novo sistema implementado pelo Ministério da Saúde”, explica ele.

Outro coordenador do projeto, o professor Anderson Paiva Cruz, presente à entrevista coletiva, detalha que, com a plataforma, será possível integrar informações oriundas de três fontes distintas. Isso implica, segundo ele, o cruzamento de dados como as notificações de pessoas com suspeita da doença, os exames realizados e as confirmações do contágio.

Complexidade

“Existe uma grande complexidade dos processos de trabalho na área de saúde, que envolvem as unidades de saúde, as regionais de saúde e a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica. A plataforma permite inserir informações sobre Covid e Síndrome Respiratória Aguda e integrar os dados, além de validá-los e geri-los, de modo proporcionar o trabalho de prevenção epidemiológica”, explica Anderson Cruz.

A ferramenta também proporciona uma visualização rápida das regiões das cidades analisadas, facilitando a localização geográfica do índice de infecção na população. A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, ressaltou, em entrevista no mês de abril, que a plataforma “vai fazer com que se consiga um processo de investigação de cada caso de maneira cada vez mais ágil, facilitando o isolamento de maneira mais oportuna, de modo a isolar a transmissão”.

Coletiva

Estiveram presentes à entrevista coletiva, além do professor Anderson Cruz e da subcoordenadora Alessandra Lucchesi, o secretário estadual adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli. Na ocasião, este último forneceu à imprensa dados sobre a situação da epidemia de Coronavírus no Rio Grande do Norte.

Anderson Cruz, por sua vez, também detalhou as várias tecnologias que o Instituto Metrópole Digital vem desenvolvendo para contribuir no combate à pandemia no estado. É o caso da plataforma “Tô de Olho”, realizada sob demanda do Ministério Público Estadual e utilizada como forma de proporcionar à população realizar denúncias de aglomerações durante o período de pandemia.

Recrutamento

Outro exemplo citado é o “Sistema de Recrutamento de Profissionais da Saúde”, tecnologia desenvolvida pelo IMD cuja função é auxiliar a Sesap na gestão de seus processos seletivos temporários de profissionais da área. Funciona de modo a proporcionar o cadastramento e a contratação de pessoas que atuarão no atendimento à população durante o período de propagação do Coronavírus.

A tecnologia, que consiste em um sistema online, garante à Secretaria o monitoramento em tempo real de todo o processo seletivo, além de permitir a divulgação de editais nesse período de quarentena. Já ocorreram, com a utilização dessa solução, duas rodadas de seleção, que tiveram mais 17.600 cadastros, cerca de 9.300 profissionais inscritos como candidatos e pouco mais de 2.000 vagas disponibilizadas.

Por fim, também foi destacado pelo docente o “Sistema de Leitos”, tecnologia que agiliza a disponibilização de leitos alocados a pacientes com suspeita e confirmação de Covid-19, dando para a Sesap um panorama da situação das unidades de saúde públicas e privadas do RN e da quantidade e classificação dos pacientes nelas internados, em tempo real.

 

Outras Notícias

15 mai 2020 por
ASCOM

IMD desenvolve plataforma para Sesap gerir estagiários da área de saúde que atuam no Combate ao Coronavírus

Ação é fruto de parceria com Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN)


TECNOLOGIA | COVID-19
09 jun 2020 por
ASCOM

Aplicativo Tô de Olho cria funcionalidade que permite identificar com precisão risco de contágio por Coronavírus

Criado pelo IMD e Ministério Público, app funciona de forma combinada com Programa Nota Potiguar


TECNOLOGIA | COVID-19