IMD | Instituto Metrópole Digital

Notícias

15 dez 2020/ ASCOM

Parque Metrópole participa de elaboração da Carta Brasileira para Cidades Inteligentes

Ao lado de representantes do Governo Federal, instituições acadêmicas e representantes do setor privado e sociedade civil, o Parque Tecnológico Metrópole Digital participou da elaboração da Carta Brasileira para Cidades Inteligentes, documento político cujo lançamento aconteceu no último dia 08 durante a conferência on-line da “Smart City Session 2020”, evento internacional que discute as tendências sobre cidades inteligentes.

Organizada coletivamente, a Carta vinha sendo elaborada desde agosto de 2019 e apresenta uma agenda com orientações às cidades inteligentes brasileiras para os próximos anos, além de atuar como um documento base para que estados e municípios elaborem suas próprias políticas relacionadas ao tema.

Em seu processo de elaboração, o documento recebeu a cooperação de mais de 200 pessoas, representando diferentes setores e instituições. Durante a construção da Carta, foram realizadas três oficinas colaborativas de trabalho, das quais o Parque Metrópole participou como colaborador, sendo representado pelo professor do IMD, Anderson Paiva, e pelo administrador Marcelo Pelicano.

Convite

O convite para fazer parte do grupo responsável pela elaboração da Carta se deu ainda em 2019, quando o projeto Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável (Andus) contatou o Parque Metrópole para que este fizesse parte do conjunto de instituições colaboradoras.

Segundo Marcelo Pelicano, é de grande importância para o Parque exercer uma participação direta em uma iniciativa ligada ao tema Cidades Inteligentes, uma vez que, no âmbito do Parque, é desenvolvido o projeto “Mais Comunidades”, que tem como foco o bem-estar da comunidade localizada em seu limite geográfico.

Além disso, o administrador destaca que fazer parte de tal iniciativa também é importante às empresas vinculadas ao Parque: “nós estamos buscando nos aproximar desse campo (Cidades Inteligentes), sobretudo por conta das empresas que fazem parte do Parque e que têm relação direta com o tema”.

Carta

Iniciativa da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional (SMDRU) junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), a Carta tem a finalidade de colaborar na promoção do desenvolvimento urbano sustentável, baseada na ideia de que a tecnologia deve estar a serviço da sociedade.

Além disso, o documento apresenta um conceito nacional para o termo “Cidades Inteligentes” adaptado às realidades brasileiras e divide-se em três partes: Contexto Brasileiro (por quê foi feita a Carta, para quem e para quê), Agenda Pública (princípios, diretrizes, objetivos estratégicos, etc.) e Continuidade da Carta (onde expõem-se as perspectivas futuras).

A Carta pode ser acessada de forma integral neste link.

Outras Notícias

08 dez 2020 por
ASCOM

Parceria com o Parque Tecnológico é aprovada em edital da ABDI e recebe R$ 1,5 milhão

Classificado no programa Digital BR, Transforma RN visa fomentar empreendimentos potiguares


EDITAL | PARQUE TECNOLÓGICO
07 jan 2021 por
ASCOM

Empresa do Parque Tecnológico recebe certificado internacional de serviços de TI

Após um ano de preparo, Interjato conquista certificação que atesta alta qualidade de serviços


EMPREENDEDORISMO | PARQUE TECNOLÓGICO