IMD | Instituto Metrópole Digital

Notícias

31 mai 2021/ ASCOM

Empresa do Parque Tecnológico é aprovada em chamada do CNPq para fomento de PD&I

A startup Processo Ágil, credenciada ao Parque Tecnológico do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), foi uma das aprovadas na Chamada nº 33/2020 RHAE – iniciativa que apoia a inserção de pesquisadores em empresas vinculadas a incubadoras conduzida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

Por meio da chamada, será distribuído o valor de R$ 5 milhões entre as instituições aprovadas. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Apoio aos Ambientes Inovadores (PNI), que tem o intuito de fomentar Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) de micro e pequenas empresas vinculadas a incubadoras.

Sendo uma das poucas representantes do Nordeste, a Processo Ágil aponta a importância de participar de editais de fomento como esse, que constituem uma ponte entre a academia e o mercado de trabalho.

“Alocar profissionais em uma startup para o setor de pesquisa e desenvolvimento é algo que necessita de muito investimento, já que o retorno não vem a curto prazo”, pontua Amanda Gomes, gestora de projetos da Processo Ágil – empresa especializada em tecnologia voltada ao setor jurídico.

Ainda, segundo Gomes, com a entrada de profissionais especialistas em Inteligência Artificial (IA), será possível aprimorar os dashboards da empresa e lapidar seu banco de dados, mapeando todos os processos jurídicos do Brasil e realizando análises preditivas quanto à duração das ações judiciais e seus potenciais índices de sucesso.

“As decisões em processos judiciais são baseadas em fontes como jurisprudência e interpretação, e, através de iniciativas como essa do nosso projeto de PD&I, denominado ‘Inteligência Artificial Jurídica’, será mais fácil definir a estratégia processual a partir de dados. Por isso, nosso projeto vai beneficiar tanto advogados como os diferentes operadores do Direito, inclusive do setor público”, acrescenta a gestora.

Processo Ágil

Criada para facilitar a entrega de informação judicial, a Processo Ágil conta com uma plataforma que oferece a captura automática de processos judiciais, publicações, andamentos e funcionalidades como módulos de Geração de Documentos, BI, Agenda e Financeiro, responsáveis por otimizar toda a gestão de escritórios de advocacia.

Atualmente, o objetivo da empresa é aprimorar a tecnologia através de PD&I, buscando novos parceiros e novas oportunidades de crescimento. Segundo Amanda Gomes, a ideia é que a nova aplicação de IA seja utilizada em todo o território nacional.

Outras Notícias

12 mai 2021 por
ASCOM

Aluna do IMD lança edição para idosos do Guia do Pensamento Computacional

Nova versão trabalha Teoria do Treino Cognitivo e estimula atenção, memória e velocidade de processa


PPGITE | TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS
30 abr 2021 por
ASCOM

Projeto Include abre inscrições para curso de robótica voltado para jovens

Com oferta de 50 vagas, as inscrições podem ser feitas até 08 de maio


COMUNIDADE | CURSO