IMD | Instituto Metrópole Digital

Notícias

12 ago 2019/ ASCOM

Prazo de inscrições do Hackathon Neoenergia é prorrogado para quinta-feira

O prazo para as inscrições do Hackathon Neoenergia, maratona de programação para o setor de energia elétrica, foi adiado na manhã de hoje (12). Com a alteração, os interessados terão até o dia 15 de agosto (quinta-feira) para se inscrever.

A data de divulgação dos resultados também foi modificada. Segundo o novo cronograma, a relação de classificados para participar da competição tecnológica, bem como a lista de suplência, será divulgada no dia 19 de agosto.

As informações sobre a seleção estão disponíveis no regulamento e as inscrições podem ser feitas por meio do formulário online.

Hackathon

Uma "maratona" interdisciplinar com o objetivo de desenvolver projetos relacionados à energia eólica e à distribuição de energia elétrica, através da criação de aplicativos e protótipos funcionais. Esse é a proposta do Hackathon Neoenergia UFRN, que acontece entre os dias 23 e 25 de agosto no Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN).

O evento, realizado pela Neoenergia com o apoio da UFRN, é direcionado exclusivamente para estudantes de graduação e de pós-graduação de diversas áreas e de qualquer instituição de ensino do Estado.

A premiação para os três melhores grupos do hackathon vai somar R$ 17,5 mil, sendo R$ 10 mil para o primeiro colocado, R$ 5 mil para o segundo e R$ 2,5 mil para o terceiro. O público-alvo são alunos de cursos relacionados às áreas de TI e computação, além de administração, engenharias e design.

Os grupos que irão competir serão formados apenas depois da seleção dos participantes. Por isso, as inscrições são individuais, assim como a escolha dos estudantes, que irão somar 32 competidores, que posteriormente serão reunidos em oito equipes multidisciplinares. Os problemas para os quais elas vão elaborar soluções dizem respeito a situações reais encontradas no contexto do mercado de energia elétrica do Rio Grande do Norte.

Desafios

Os desafios serão apresentados pelo Grupo Neoenergia, que vai disponibilizar especialistas do setor para auxiliar os participantes. A dinâmica do hackaton ainda vai envolver a informação de dados do setor para os participantes e a disponibilidade de professores da UFRN para apoiar as equipes.

O professor Leonardo Bezerra, um dos organizadores do evento por parte da UFRN, afirma que o Hackaton é importante para os estudantes na medida em que proporciona um contato mais próximo com o mercado de trabalho, que precisa de profissionais específicos da área.

 “As empresas querem uma aproximação com o Ensino Superior, pois o setor de energia eólica precisa de engenheiros para trabalhar na área, que representa um tema relativamente novo para a universidade”, afirma ele.

Outras Notícias

07 ago 2019 por
ASCOM

Studio Gepetta encerra período de incubação e recebe diploma da Inova Metrópole

Evento aconteceu na manhã desta quarta-feira e contou com mesa-redonda sobre empreendedorismo


EVENTO | INOVA
16 ago 2019 por
ASCOM

IMD recebe palestra da multinacional brasileira VTEX

Evento acontece no dia 29 e visa orientar estudantes a concorrerem ao estágio de verão da empresa


EVENTO | ESTÁGIO