IMD | Instituto Metrópole Digital

Notícias

16 dez 2019/ ASCOM

Laboratório de Informática Industrial abre seleção para programadores de sistemas

Para otimizar suas atividades e continuar a desenvolver soluções inovadoras em tecnologia, o Laboratório de Informática Industrial (LII) do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) está com inscrições abertas para seu processo seletivo de desenvolvedores de software.

A seleção – cujas inscrições podem ser feitas até amanhã (17) por meio do link – servirá para contratação de três programadores de sistemas da informação (fullstack) via CLT, com carga horária semanal de 40h e remuneração de R$ 2,7 mil.

Os candidatos aprovados no processo atuarão em ambiente dinâmico, auxiliando no desenvolvimento de estudos e produtos feitos em parceria com o centro de pesquisa da Petrobras (CENPES).

Dentre as linhas de pesquisa com que colaborador poderá atuar, estão Indústria 4.0, Arquitetura de Microservices aplicada à Indústria, Big Data, entre outros.

Todas as informações sobre o cargo e os requisitos básicos constam no edital.

Seleção

O processo de seleção consistirá em duas etapas: análise curricular e entrevista técnica. A primeira será feita por meio da verificação de uma série de atributos, como experiência profissional comprovada, graduação em Tecnologia da Informação (TI) e cursos de pelo menos 20h de duração.

Já a entrevista técnica consistirá em questões que versarão sobre conhecimentos e habilidades específicas exigidas para o cargo, pontuadas em edital.

O resultado final do processo seletivo será divulgado no site da Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec).

LII

Laboratório vinculado ao Núcleo de Pesquisa e Inovação em TI (nPITI/IMD), o LII é o principal desenvolvedor de tecnologias voltadas ao setor de indústria, sendo, por isso, o promotor do projeto Mais Indústria do Parque Metrópole Digital.

Inaugurado em setembro deste ano, o projeto tem como principal propósito contribuir com instituições do setor industrial por meio da transformação digital, fomentando mudanças tecnológicas específicas para este mercado.

Para isso, a iniciativa conta com o apoio de estudantes de graduação e pós-graduação, além de cinco professores do IMD, que desenvolvem softwares que integram, armazenam e demonstram dados oriundos da produção industrial. O trabalho é fruto de parcerias com a Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras) há mais 10 anos.

Outras Notícias

11 dez 2019 por
ASCOM

BioME abre inscrições para mestrado e doutorado em bioinformática

Com 38 vagas ao todo, seleções começam em janeiro de 2020. Inscrições abertas no SIGAA


MESTRADO | PROCESSO SELETIVO | BIOME
16 dez 2019 por
ASCOM

Publicada segunda chamada da seleção para ingresso no BTI por alunos dos cursos técnicos

Lista disponível no site da Prograd. Aprovados têm até 18 de dezembro para o cadastramento


PROCESSO SELETIVO | BTI